Barbarelle Papardelle

22 jun

Depois de muito tempo…

Certo dia você conhece aquela banda, ou aquele jogo, ou um novo amigo que se torna a melhor coisa do mundo e, a partir de então, nada mais é tão bom quanto aquilo por um bom tempo.

Acontece muito com comida. De vez em quando aparece uma nova sobremesa que toma seus pensamentos e você passa dois meses hipnotizado por uma  gostosura enebriante. Aconteceu comigo no La Pasta Gialla, uma dos muitos empreendimentos do chef Sérgio Arno, especializado em delícias italianas formadas por complexas cadeias de carboidratos.

A Revista No Patio sorteou para o Dia dos Namorados um almoço com todas as regalias para aquele que tivesse mais sorte com os algorítimos do Sorteie.me… e eu ganhei. Fomos, e então, desde aquele dia, nenhuma comida me deixou tão feliz.

Começamos com as tradicionais Bruschettas, uma Tagliatta de Mignon, muito bem apresentadas e deliciosas. Para o prato principal, escolhi um Papardelle ao molho emmenthal, com iscas de filet. Não preciso dizer que foi uma das melhores massas EVER!

Depois disso, o Spoleto é só tristeza!

Aquarela de Temperos

31 jan

Este slideshow necessita de JavaScript.

As imagens acima são deliciosamente descritivas, cheias de detalhes. Chega ao ponto de você salivar ao vê-las, de tão apetitosas. Imagine, então,  que não são FOTOS, e sim PINTURAS! Isso mesmo, o pintor holandês Tjalf Sparnaay cria telas tão realistas que dão fome só de olhar.

Essas são “pavê” mesmo, não são pra comer! (#PIADAFAIL)

Guloseima em Stop Motion

30 nov

Uma das coisinhas mais fofas e geniais que já vi em termos de vídeo-receita! Além disso, o stop motion faz de tudo um pouco mais lúdico e atraente, principalmente por conta do resultado final ser tão delicioso (presumo);

O vídeo mostra a divertida construção de um tipo de “bolo de biscoito”, que te deixa com água na boca, e faz você dar aquela viradinha com a cabeça: “oooww, que lhendo”! Mas, o que você quer mesmo é experimentar esse negócio sem reservas, sem se preocupar com as calorias, açúcares, nem ficar pensando em quanto tempo de academia você vai precisar pra se redimir. Alías, isso tudo que eu acabei de listar me cansa só de pensar! Eu não sou saúde, eu gosto de comida e não de exercícios! Emfim, babem e tentem (miseravelmente) fazer em casa:

O vídeo foi achado no Like Cool. Detalhes:

Shot on a Canon 550D and edited using Adobe Premiere Pro, After Effects, Photoshop and a hell of a lot of coffee!
Music: Tchaikovsky’s “Dance of the Sugar Plum Fairy” Kevin MacLeod

Gostou? Curte aí!

Brigadeiros Fru-Fru Gourmet

14 nov

Ultimamente, várias docerias “fofas-cor-de-rosa” começaram a explodir pela cidade, e pela internet. Não que eu não adore qualquer doceria que apareça no caminho, mas o que me incomoda é essa moda de BRIGADEIROS “Gourmet”, cheios de fru-fru com 100 sabores diferentes, que é meio diversa da verdadeira natureza do Brigadeiro.

Eles são todos DELICIOSOS, claro! Inclusive, um que é muito bom é o “Branco sabor côco” … (?) … É isso mesmo que você leu: Brigadeiro BRANCO com sabor de CÔCO!! Hey, guess what? Docinho sabor côco nunca vai ser brigadeiro! Para mim, e qualquer outra pessoa que eu conheça, isso é um Beijinho! No matter what you say. Por que, afinal,o que faz de um doce um Brigadeiro? Sendo ele uma invenção brasileira, eu acredito que o brigadeiro tem uma alma brasileira, que não pode ser desvinculada do cacau, do CHOCOLATE!!

Leite Condensado, chocolate em pó e um pouco de manteiga… Misturados ao fogo, até um limite entre o queimado e o crocante, “despregando” do fundo da panela. Esse é o “default Brigadeiro”. Claro, variações são permitidas: coloque um pouco de canela, amêndoa, castanha, ou até mesmo pimenta, wasabi, whatever! O importante é ter a alma do brigadeiro…o CHOCOLATE!

Só lembrando, essa não é uma discussão sobre sabor, e sim sobre conceito! Pois não há no mundo uma pesssoa que conceba a existência de um brigadeiro que não seja esse pretinho que a gente ama. Embora todas essas anomalias da natureza, inclusive o tal do Brigadeiro Branco, são muito gostosas (exceto o brigadeiro de menta – não sei quem inventou que essa combinação é feliz).

Enfim, todos nós amamos brigadeiros, mas não é pelo fato de você colocar um tal de “gourmet” de lado, que o seu vai ser melhor do que o que eu faço na minha panela!

Ovos Mexidos Perfeitos – Gordon Ramsay

9 set

Já declarei meu amor por ovos aqui, um pouco mais cedo… Mas não resisti em voltar ao assunto quando vi esse vídeo feito por um ídolo da cozinha inteligente (e com grossas pitadas de verdade agressiva).

Ovos mexidos são as coisas mais cruciais no meu café da manhã, eu faço de um jeito só meu, e não estou preparada para compartilhá-lo ainda, Ovos a la Brigido, talvez em um próximo post. Por enquanto, fiquem com os ovos do Gordon (trocadilhos à parte).

Gordon Ramsay é melhor ainda por causa desse sotaque incrível, e desse charme escocês excelente, principalmente quando ele está cuspindo xingamentos ao seu restaurante ou prato (coisas que são bem características do modo scotch de levar  a vida), ou mesmo te dando palavras de incentivo.

Mas, meu assunto com ele são os Ovos Mexidos perfeitos que ele promete aqui nesse vídeo. Vamos experimentar?

Vou ali assistir MasterChef.

Fondue de cupcake!

5 set

Vi aqui:  Fondue de cupcake!!! : : Comer para Crescer.

Cupcakes são obras de arte culinárias, nós já conversamos sobre isso. Mas, esses pequenos monumentos de farinha e açúcar são inesgotáveis de palavras para descrevê-los. No site que citei acima, encontrei essa ideia super bacaninha de fazer um fondue de Cupcakes, escolhendo desde o recheio até a cobertura. Fácil e delicioso, vou experimentar assim que chegar o fim de semana!

Dá para servir no chá da tarde, na festa de aniversário, como sobremesa de um dia especial.”

Olha essas fotos e vê se não dá vontade de abandonar tudo e correr pra fazer esse fondue!

Morreram? Eu já!

Veja mais sobre Cupcakes nesse post:

Fome de Comida – Arte Cupcakeriana

Indulgências Culinárias – Lee Price

26 ago

Saindo um pouco da minha permanente obsessão desenfreada por Brownies ( mas não qualquer Brownie, tem que ser do Emporio), chego a uma conclusão: algo está influenciando minha fome de maneira extrema, a ponto de me deixar pensando em comida por pela menos 10 horas do dia (Nas outras horas, eu penso em trabalhos, viagens, família, namorado, amigos e em não pensar em comida), principalmente doces.

Esse algo estranho só pode ser a cor Vermelha das paredes do meu quarto, elas devem estar influenciando subliminarmente meu inconsciente para sentir fome sempre. Mas… não vou fazer nada a respeito, por que eu não quero e tenho preguiça!

Falando em obsessão, encontrei o portfólio da artista Lee Price, e achei o trabalho dela muito condizente com meu estado atual de sublime vício por sobremesas.

“O atual trabalho da artista Lee Price retrata a relação de indulgência entre as mulheres e a comida.”

Lindo! Acho super verdadeiro esse retrato do relacionamento intimista que o sexo feminino tem com comida, o ensaio é quase um depoimento.Veja as peças:

Este slideshow necessita de JavaScript.